Um dos mais eficientes métodos de controle populacional de gatos é tema do 1º Seminário Brasileiro de CED no dia 8 de julho, sábado, das 9h às 18h, na Casa…

Um dos mais eficientes métodos de controle populacional de gatos é tema do 1º Seminário Brasileiro de CED no dia 8 de julho, sábado, das 9h às 18h, na Casa Prema (restaurante vegetariano no bairro de Pinheiros – SP). O evento é dirigido à ONGs, protetores independentes, veterinários, funcionários de Órgãos municipais e estaduais, e interessados em saber mais sobre uma prática que já faz sucesso em vários países mantendo em equilíbrio a população de gatos de parques, praças, campus universitários, pátios de grandes empresas e cemitérios, entre outros locais onde normalmente se formam colônias de animais.

O seminário é uma iniciativa da ONG Bicho Brother, de SP, que em três anos de existência já conseguiu castrar, vacinar e devolver ao local de origem, mais de 3 mil gatos. “Os melhores nomes da atualidade de CED estarão reunidos para trocar conhecimento, informações e mostrar como é possível inserir nas rotinas de ONGs e clínicas veterinárias o método de controle ético de gatos de rua mundialmente famoso por ser sustentável e pouco traumático para os animais”, comenta Eduardo Pedroso, diretor da ONG Bicho Brother.

Durante as palestras serão mostradas experiências de CED de sucesso em São Paulo (Bicho Brother, Confraria dos Miados e Latidos, Miados Urbanos e CCZ SP), Rio (Projeto Felinos Oito Vidas) e Aracaju (Projeto Frajola), além de focalizar surtos de Esporotricose e a importância da CED para combater problemas como esse. Veterinários convidados: Walter Figueira, Mayra Chamlian, Aline Rosa, Reinaldo Cirilo e Neide Ortêncio Garcia.

A participação no Seminário custa R$ 35,00. Com inclusão de almoço no local é R$ 65,00. As inscrições podem ser feitas pelo email seminariocedbrasil@gmail.com.

Programação:

9h – O que é CED. Sua aplicação e efeitos sobre a população de gatos em situação rua. Palestrante: Eduardo Pedroso – Bicho Brother – São Paulo

9h30 – A Castração Minimamente Invasiva. Sua importância para a prática de CED. Demonstração da técnica. Palestrante: Dr. Walter Figueira – Clínica Bichos e Vets – São Paulo

10h10 – Um foco de esporotricose debelado com aplicação do método CED. Caso ocorrido em uma colônia de gatos de São Paulo. Palestrantes: Dra. Mayra Chamlian e Dra. Aline Rosa – Clínica Cãomarada – São Paulo

10h50 – Surto de Esporotricose na cidade de São Paulo e Grande São Paulo. Palestrante: Dra. Neide Ortêncio Garcia – Centro de Controle de Zoonoses – São Paulo

11h30 – A importância da vacinação contra raiva em felinos de vida livre. Palestrante: Dra. Neide Ortêncio Garcia – Centro de Controle de Zoonoses – São Paulo

12h10 Almoço de confraternização

14h – A Castração Minimamente Invasiva Lateral. O controle ético de gatos de rua em Aracaju. Palestrante: Dr. Reinaldo Cirilo – Projeto Frajola – Aracaju

14h40 – Soluções profissionais para os desafios operacionais e econômicos da implantação do método CED em empreendimentos. Palestrante: Aparecida Negreiros – Projeto Felinos – Oito Vidas – Rio de Janeiro

15h20 – A história da prática de CED na cidade de São Paulo. O trabalho de padronização seguindo a convenção internacional. Palestrante: Tatiana S. R. Cunha – Confraria dos Miados e Latidos – São Paulo

16h – O que é um agente de CED? Palestrante: Mônica Miguez – Bicho Brother – São Paulo

16h40 – A captação de recursos da iniciativa privada para projetos de CED. O controle ético de gatos de rua em Aracaju. Palestrante: Henrique Loyola – Projeto Frajola – Aracaju

17h20 – Gestão de CED. Palestrante: Thaís Barbara Navarro – Miados Urbanos – São Paulo

18h – Encerramento

Por Fátima ChuEcco | ANDA

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *